terça-feira, 1 de junho de 2021

ATUM COM FLOCOS DE ARROZ E PALHA DE BAROA




Esse lombo de atum foi passado no flocos de arroz e depois frito levemente. Essa receita foi um teste e, confesso, o resultado não ficou extamente da forma que eu queria. Varios flocos de arroz sairam na frigideira e não ficaram tão agarradinhos no atum como eu gostaria - e como era o meu plano inicial. Não sei bem dizer o motivo, se foi falta de óleo, se precisava estar mais quente enfim, o sabor ficou maravilhoso mas gostaria de ter mais floquinhos em cada fatia - outro desafio é cortar as fatias em manter os flocos presos. Para deixar a experiencia toda mais crocante, juntei uma batata palha bem fininha de batata baroa, ficou delicia.

Ingredientes
Para duas pessoas
1 " lombo" de atum fresco e limpo - chamo de lombo a parte limpa central do atum
1/2 limão
sal e pimenta do reino a gosto
1 xícara de flocos de arroz
2 batatas baroas grandes
óleo para fritar
1 limão siciliano
Shoyo

Comece pela palha que é mais demorada e pode ser guardada. Descasque as batatas baroa e passe pelo ralador fino. Aperte bem a batata para retirar o excesso de liquido que cria quando a batata é ralada. Aqueça uma frigideira com óleo bem quente e frite em porções. Coloque em papel toalha para escorrer. Reserve. 
Aqueça outra frigideira com um pouco de óleo para fazer o atum. 
Passe o suco de limão no atum e tempere com sal e pimenta do reino a gosto. 
Disponha os flocos de arroz em um prato. Passe o atum, de todos os lados, pelo floco de arroz apertando bem. Coloque o atum na frigideira e deixe fritar por 1 minuto de cada lado, mexendo somente quando for para trocar de lado. Não fique mexendo no atum para não retirar os flocos. O centro do atum deve ficar cru então não deixe demais.
Retire da frigideira e coloque sobre uma tabua.  Com o auxilio de uma faca bem afiada corte o atum em fatias e disponha em um prato. 
Coloque uma porção da batata palha no centro. Regue o atum com algumas gotas de shoyo e polvilhe a casca do limão siciliano sobre tudo.






 

ARANCINIS DE QUEIJO



Arancinis!! Sobra de risoto na minha casa vira arancini! Eles bolinhos super saborosos, macios e cheios de personalidade da culinaria Italiana. Esses aqui ainda levaram de bonus um molho de queijo para acompanhar. Foram cobertos com farinha panko que é bem mais crocante que a farinha de rosca. Aproveitem


Ingredientes
2 xícaras de risoto pronto, gelado - aproveite a sobra do dia anterior
2 xícaras de cubos de mussarela
Sal e pimenta do reino a gosto
1 ovo
1 xícara de farinha de trigo
2 xícaras de farinha de panko
Óleo para fritar
Fonduta de queijo
500 ml de creme de leite fresco
200 gr de queijo fontina, Grana padano, parmesão ou outro de sua preferência, ralado bem fininho
3 colheres de sopa de manteiga gelada
Pimenta branca moída na hora

Comece pelo molho. 
Aqueça o creme de leite em fogo baixo até quase ferver. Junte os queijos e abaixe bem o fogo. Mexa até que os queijos se derretam por inteiro. Tempere com a pimenta branca moída na hora. Desligue o fogo e misture a manteiga gelada. Reserve. 

Coloque o risoto em uma vasilha.  Pegue uma porção de risoto e molde pequenas bolinhas apertando bem. Normalmente faço bolinhas do tamanho de uma bola de ping pong. Pegue um cubo de queijo e coloque no centro da bola. Molde novamente fechando bem. Se a massa aquecer por causa das mãos entao leve a geladeira por 10 min.
Quebre o ovo em uma vasilha e mexa um pouco. Passe as bolinhas de arroz na farinha de trigo,  retire o excesso. Passe pelo ovo batido e, depois, na farinha de panko. Reserve e coloque-as por 10 minutos na geladeira.  Repita a operação até fazer todo o arroz. 

Aqueça uma panela com óleo e quando estiver quente, frite as bolinhas de todos os lados até que esteja bem dourada. 
Na hora de servir aqueça o molho e coloque no fundo de um prato. sirva os arancinis sobre a finduta de queijo.





 

FIGOS COM MEL E CHOCOLATE



Tenho muitas receitas simples de figo aqui no blog. Quando chega o inverno e a quantidade de ofertas de figos então aproveito a fruta que é tão dificil de ser achada no verão. Adoro ela nas saladas, assada com queijo ou, em sua versão doce, com mel e chocolate. Aqui nao chega nem a ser uma receita mas um aproveitamento de figos que tinha na geladeira, com uma sobra de massa de pastel e chocolate.


Ingredientes
Para duas pessoas
2 disco de massa de pastel grande
3 figos maduros
Mel
100gr de chocolate meio amargo
1/2 xícara de farinha de amêndoas

Lave bem os figos, corte o cabo e corte em 4 pedaços. Reserve.
Coloque a massa do pastel em um refratário untado, ou sobre um tapete de silicone e leve ao forno até ficar dourado. Retire do forno e disponha sobre um prato. Pincele a massa com o mel e disponha as fatias de figo sobre a massa. Polvilhe com o chocolate ralado e retorne ao forno por 5 minutos. Polvilhe a farinha de amêndoas e um pouco mais de mel. Sirva quente.
Se quiser pode acompanhar uma bola de sorvete




 

LASANHA DE COUVE FLOR LOW CARB E GLUTEN FREE


Essa lasanha foi um teste que fiz usando a mesma massa que faço inhoque low carb, gluten free. Uma massa de couve-flor com um pouquinho de tapioca. Aqui, nessa receita, ao invés de enrolar os inhoques fiz placas de massa como se fossem as laminas da lasanha. 


Ingredientes
2 xícaras de floretes de couve flor
1/2 xícara de queijo parmesão ralado
½ xícara de sopa de farinha de tapioca
1 ovo grande
1 gema grande
2 dentes de alho picado
Folhas de Tomilho
½ vidro de passata de tomate
1 cebola pequena
1 xícara de caldo de legumes caseiro
1 colher de sopa de açúcar
Fatias de mussarela – se quiser pode colocar presunto também
Queijo parmesão ralado para guarnecer depois de pronto

Aqueça o forno a 200o.C. 
Lave e limpe a couve-flor. Corte os floretes descartando os cabos mais grossos. No processador coloque os floretes de couve flor e processe até ficar pequenos grãozinhos, bem pequenos - como se fosse fazer o arroz de couve-flor.
Transfira para um pano e aperte para retirar o excesso de líquido. Coloque a couve flor em uma vasilha e junte o queijo parmesão ralado, a tapioca e os ovos. Misture bem. 

Em um tabuleiro untado, ou sobre tapete de silicone, faça pequenos retângulos com a massa.  Esses retangulos serão usados como se fossem as fatias da lasanha. Leve ao forno até que estejam dourados, cerca de 30 min. 

Faça o molho. No liquidificador coloque a passata, o caldo de legumes, a cebola sem casca e os dentes de alho descascados. Processe até obter um líquido homogêneo. Leve ao fogo com as folhas de tomilho, açúcar e sal. 
Deixe em fogo médio até reduzir a 1/3.  Retire os retângulos do forno quando estiverem dourados.
Em um refratário coloque um pouco de molho no fundo, coloque um retângulo de couve flor, sobre ele coloque uma fatia de queijo, depois um pouco de molho e outra de couve-flor. Alterne as camadas até completar 3 retângulos. Volte ao forno para derreter o queijo. 
Sirva quente. Se quiser pode adicionar fatias de presunto.



 

segunda-feira, 31 de maio de 2021

CAMARÃO A MILANESA



Essa é o tipo de receita que não tem misterio, ou melhor, o misterio aqui esta em conseguir um bom camarão fresco, de qualidade porque é uma receita simples onde o sabor do produto é que fala mais alto.
Esses camarões estavam super frescos e comprei no mercado de peixe de Niteroi. Usei farinha panko que gosto mais do que farinha de rosca mas, voce pode trocar pela de sua preferencia.

Camarão a Milanesa


ingredientes
300 gr de camarões frescos e limpos
1 dente de alho
1/2 limão
2 xícaras de farinha panko
1 ovo
sal e pimenta do reino a gosto
òleo para fritar

Em uma vasilha coloque o camarão e tempere com gotas de limão, alho picado, sal e pimenta a gosto. Em outra vasilha coloque o ovo e bata levemente com um garfo. 
Em um prato coloque a farinha panko. Pegue o camarão e passe pelo ovo, escorra bem e, em seguida, passe pela farinha panko. Repita a operação com todos os camarões. 

Aqueça uma frigideira com óleo e frite os camarões. Sirva com o molho de sua preferência. Eu usei uma mistura de iogurte, creme de leite, pimenta e ervas.





 

PASTEL DE COGUMELOS COM BACON



O que pode ser mais gostoso que um bom pastel fresquinho e crocante?! Eu amo
Esse é feito de cogumelos portobelo com bacon. Se voce for vegetarianos basta retirar o bacon da receita - fica tão bom quanto. Proocure comprar uma massa de pastel de boa qualidade para que o resultado final fique melhor ainda.

Pastel de Cogumelo Portobello com Bacon


Ingredientes
1 pacote de massa de pastel fresco
200 gr de cogumelos portobello frescos
1/2 cebola
2 dentes de alho
100 gr de bacon
folhas de tomilho
azeite
sal e pimenta do reino a gosto
óleo para fritar

Limpe os cogumelos e fatie em lâminas finas. Reserve. Descasque a cebola e corte em cubos bem pequenos. Reserve. Corte o bacon em cubos bem pequenos. 

Aqueça uma frigideira em fogo médio e coloque uma colher de sopa de azeite. Junte o bacon e deixe dourar. Junte os cogumelos, mexa bem. Deixe por um minuto e junte a cebola e o alho picado. Misture bem e deixe até que a cebola esteja translucida.

Tempere com as folhas de tomilho, sal e pimenta do reino a gosto. Misture bem e deixe secar os líquidos. Desligue o fogo. 

Pegue um disco de massa de pastel e coloque uma porção da mistura no centro. Passe água nas bordas da massa e feche. Repita a operação com o restante da massa. 

Aqueça uma frigideira com óleo e frite os pasteis.




 

GUIOZA DE PORCO




Eu adoro comida asiática e costumo ir em mercearias para comprar produtos e fazer em casa, quando é possivel. Aqui no Rio não existem muitas opções mas tem uma loja na Tijuca que possui bastante variedade de produtos. Compro muito a massa de guioza congelada, deixo no freezer e quando preciso é só fazer o recheio. 

Ingredientes. 1 pacote de massa de guioza
200g de carne de porco moído - Eu uso libguiça retirando a pele
200g de acelga
Gengibre ralado
1 colher de sopa de shoyu
1 colher de chá de óleo de gergelim torrado
sal
4 cebolinhas
1 colher de sopa óleo (opcional)
200ml de água filtrada
para o molho:
2 colheres de sopa de shoyu
1/2 colher de sopa de vinagre de arroz
1/2 colher de sopa de óleo de gergelim torrado

Corte a acelga em tiras bem finas e reserve. Em uma vasilha coloque a carne de porco, a acelga em tiras, sal, o shoyo e o óleo de gergelim. Misture bem e junte o gengibre ralado a gosto e a cebolinha picada. Misture novamente. 
Pegue um disco da massa de guioza e coloque uma porção da mistura de porco no centro da massa. Passe água nas bordas do disco de massa e feche a massa fazendo o feitio de sua preferência. 

Repita essa operação até finalizar toda a massa e o recheio. Pegue uma panela de vapor de bambu e disponha a folha de acelga no fundo. Sobre a folha coloque os guiozas. Leve a panela ao vapor por 15 minutos ou até que a massa esteja cozida – se você não possui uma panela própria então, pode colocar os guiozas em um escorredor de alumínio ou uma peneira grossa, colocando tudo sobre uma panela com água - não esqueça de colocar a folha de acelga no fundo para a massa não agarrar no escorredor. 

Faça o molho. Em uma vasilha misture o shoyo, o vinagre e o óleo de gergelim. Misture bem e sirva com os guiozas.




 

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

OVO SUFLÊ



Ovo Suflê

ingredientes
Para uma pessoa
1 gema 
3 claras
sal, pimenta do reino a gosto
Azeite

Bata as claras em neve com uma pitada de sal. Unte um refratário com uma colher de sopa de  manteiga. Disponha as claras em neve formando um círculo. Com o auxílio de uma colher faça uma cavidade no centro. 
Leve ao forno por 10 min ou até que comece a ficar dourada. Retire do forno e disponha a gema na cavidade, no centro das claras. Tempere com sal e pimenta e retorne ao forno por mais 2 minutos ou pelo tempo de sua preferência - se gostar de gema mais mole ou dura. 
Retire do forno e regue com azeite.





 

FILÉ DE FRANGO COM SALADA DE QUIABO FRITO



Eu amei essa forma de comer quiabo, adorei pois é um legume que normalmente as pessoas nao usam muito, ou quando usam é sempre da mesma forma. Essa salada fica super crocante, a castanha de caju dá uma toque especial e acompanha bem legal o frango.


Ingredientes
2 filés de frango limpos, sem pele
200 gr de quiabos frescos
1 cebola roxa
1 xícara de xerém - castanha do caju picada
óleo para fritar
1/2 xícara de farinha de trigo
sal e pimenta do reino a gosto
2 colheres de sopa de manteiga
1 colher de sopa de açúcar
1/2 limão
1 dente de alho

Coloque os filés de frango em uma vasilha, cubra com água, 1 colher de sopa de sal e 1/4 colher de sopa de açúcar. Deixe na geladeira enquanto faz o quiabo. 
Lave bem os quiabos e retire a cabeça. Com o auxilio de uma faca bem afiada, corte o quiabo em tirinhas bem finas. Repita essa operação com todos os quiabos. Polvilhe sal e pimenta do reino no quiabo e misture. Polvilhe farinha de trigo, bem pouco, e misture. Não precisa usar a farinha toda, ela vai ajudar na fritura para ele ficar mais crocante e sequinho.
Aqueça uma frigideira com óleo e quando estiver bem quente coloque os quiabos para fritar. Escorra em papel toalha. Reserve. 
Descasque e corte a cebola em lâminas bem finas. Eu uso o mandolim mas você pode usar uma faca bem afiada. Em uma vasilha coloque o quiabo frito, as cebolas e metade da castanha do caju. Misture bem e prove. Acerte o sal e a pimenta se for preciso. 
Retire o frango da geladeira, passe rapidamente sobre a água corrente e seque. Pingue algumas gotas de limão e tempere com sal e pimenta a gosto. Aqueça uma frigideira com um fio de azeite e a manteiga. Junte o dente de alho. Frite os filés de frango até que estejam dourados em ambos os lados. Sirva com a salada. Use o restante da castanha para polvilhar por cima da salada.









 

TORNEDOR DE FILÉ MIGNON COM SALADA DE NIRÁ E COGUMELOS




A salada de nirá desse prato foi feita com as folhas do nira ao inves dos brotos. O molho eu costumo fazer em quantidades grandes e guardar, congelado, em porções menores para ser utilizado em pratos de carne visto que leva bastante tempo para reduzir e apurar o sabor porém, vale super a pena faze-lo. O sabor do molho é um dos grandes diferenciais desse prato.

Ingredientes
2 tornedor de filé mignon
1 maço de folhas de nirá
100gr de cogumelos paris
100gr de cogumelos shimeji
3 dentes de alho
2 galhos de tomilho
100gr de manteiga
sal e pimenta do reino a gosto
Molho rotti caseiro

Limpe a peça de filé mignon e corte em bifes altos, o tornedor. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Reserve. Lave as folhas de nirá e corte em tiras menores, cerca de 2 cm cada. Reserve.
Aqueça uma frigideira com 2 colheres de sopa de manteiga e refogue as folhas de nirá. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Reserve. 
Limpe os cogumelos. Fatie os cogumelos paris e separe os shimeji da raiz.  Aqueça uma frigideira com azeite e coloque os cogumelos para refogar. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Misture e deixe os cogumelos, sem mexer para que a água seque. Mexa de vez em quando até que estejam começando a secar. Junte dois dentes de alho picado, folhas de tomilho e um pouco de manteiga. Tempere com um pouco de shoyo - cuidado com o sal, eu uso a versão light. Deixe cozinhar um pouco até começar a ficar dourado. Reserve. 
Aqueça uma frigideira com 3 colheres de sopa de manteiga e um dente de alho. Coloque o tornedor para, primeiro dourar de um lado e somente depois dourar dos outros. Somente vire o tornedor quando estiver bem dourado, caso contrário vai soltar os líquidos da carne, cozinhar e não vai dourar. Faça o mesmo com o outro tornedor. 
Aqueça o molho rotti e sirva com o Nirá e os cogumelos.
Para o molho
2,5 kg de osso de boi com aparas de carne
2 cenouras
2 cebolas
2 talos de aipo com folhas
2 folhas de louro
3 galhos de tomilho
2 galhos de alecrim
2 tomates
5 grãos de pimenta do reino
Extrato de tomate
Coloque os ossos e as carnes em um tabuleiro e leve ao forno até ficar dourado. retire do forno e transfira para uma panela grande. Raspe bem o fundo do tabuleiro e junte na panela. coloque todos os legumes e temperos na panela cortados grosseiramente. Junte água até cobrir as carnes, ossos e legumes. Leve ao fogo até começar a ferver. abaixe o fogo e deixe até reduzir a metade. Passe por uma peneira e descarte os sólidos. Retorne o caldo para a panela e junte 2 colheres de sopa de extrato de tomate. Deixe em fogo baixo até reduzir a metade ou até que esteja apurado o suficiente para servir. Separe em porções menores e congele. Quando for servir, aqueça, prove e acerte o sal. Adicione manteiga gelada para dar brilho e deixar mais aveludado o molho.





 

MAKDOUS - MINI BERINJELAS RECHEADAS COM AZEITONAS E NOZES



Essa é uma receita tradicional Árabe e, tambem, Libanesa. É um tipo de conserva de berinjela com recheio e que pode ser um acompanhamento de algum prato ou degustada como aperitivo, junto com um pão. Já dei aqui no blog, so que recheada de alho e nozes.

Ingredientes
500 gr de mini berinjelas
3 dentes de alho amassados
3 xícaras de nozes bem picadas em pedaços bem pequenos
1 xícara de azeitonas verdes
Sal e Pimenta do reino a gosto
Azeite

Lave bem as berinjelas e, com o auxílio de uma faca, retire os cabinhos. Coloque as berinjelas de molho em água e leve ao fogo com um prato pesado por cima para que elas fiquem inteiramente cobertas pela água.  Deixe cozinhar por 30 minutos ou até que, enfiando uma faquinha afiada, essa passe com facilidade. Escorra. Reserve. 
Em uma vasilha coloque as azeitonas picadas bem pequenas e misture com as nozes que tambem devem estar picadas, ou trituradas - mas não ao ponto de virar farinha. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto e reserve. 
Retire as berinjelas da panela e aperte para que escorra bem a água do cozimento. Com  uma faca bem afiada faça uma incisão longitudinal, no meio de cada berinjela como se fossem uma bolsa – cuidado para não atravessar a parede e cortar dos dois lados. 
Dê uma leve espremida com as mãos para retirar o restante do excesso de água. 
Com uma colher de chá pegue pequenas porções da mistura de nozes e azeitonas e recheie até ficar bem gordinha. Reserve e repita a operação até terminar todas as berinjelas.  

Esterilize um pote de vidro e arrume as berinjelas dentro de forma que fiquem bem agrupadas até completar o pote completamente. Preencha o pote, os espaços vazios, com azeite até a boca – o azeite deve cobrir todas as berinjelas. Feche bem o pote e deixe, pelo menos, duas semanas antes de consumir.





 

BOMBOM DE TÂMARA COM MORANGO




Essa receita é tão simples, tão simples que é até engraçado colocar isso aqui mas, vamos lá. Eu adoro tâmaras e seu sabor adocicado natural que fica perfeito, achando um equilibrio, com a acidez dos morangos, por isso eles combinam tão bem.


Ingredientes
Tâmaras frescas
Morangos limpos e lavados


Faça um corte longitudinal em uma das laterais da tâmara e retire o caroço. Retire o cabo dos morangos e corte em 4 pedaços, depois cada pedaço ao meio formando 8 no total. Pegue as tâmaras e coloque um pedaço de morango dentro, fazendo o recheio.





 

COSTELETA DE PORCO COM MOLHO MOSTARDA E LEGUMES GRELHADOS





Ingredientes
Para duas pessoas
2 costeletas de porco limpas e frescas
1 limão
6 cebolas do tipo bolinha
1/2 pacote de vagem macarrão
3 tomates Italianos
1 alho poró
Azeite
3 dentes de alho
sal e pimenta do reino a gosto
1/2 maço de alecrim
3 colheres de sopa de manteiga
3 colheres de sopa de mostarda
1 colher de sopa de mel


Tempere as costeletas com o suco de 1/2 limão, sal, pimenta do reino a gosto, folhas de alecrim e o alho picado. Deixe marinar por 15 minutos na geladeira. 

Enquanto isso faça os legumes. Lave as vagens e descarte as pontas. Retire a casca das cebolas, e corte o talo do alho poró partindo-o ao meio e lavando bem para retirar os resíduos. Lave e corte ao meio os tomates. Reserve. 

Em uma panela com água e sal coloque as vagens e as cebolas para cozinhar por 10 minutos. Escorra e reserve. Aqueça uma frigideira com a manteiga e um fio de azeite,  coloque as costeletas para fritar de ambos os lados até que fiquem bem douradas.  Transfira as costeletas para outro prato e retire o excesso de gordura da frigideira. Coloque a mostarda e o mel. Misture bem, prove e acerte o mel se achar que está acido demais. Transfira para uma molheira. 

Limpe a frigideira, coloque 1 colher de sopa de azeite. Coloque os legumes para dourar. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Grelhe de todos os lados e sirva com a costeleta.

 




 

BISCOITO DE FÉCULA DE BATATA COM RASPAS DE LARANJA



Biscoito da minha infância que aprendi na casa de uma grande amiga no interior do Estado do Rio. A diferença da receita original são apenas as raspas de laranja que acrescentei dessa vez para dar um sabor diferenciado. Eu uso essa mesma receita, algumas vezes, para fazer a base de algumas tortas doces - fica uma delícia pois é super leve.


Ingredientes
2 xícaras de fécula de batata
2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
300 gr de manteiga na temperatura ambiente
Raspa de casca de 1 laranja

Em uma vasilha misture todos os ingredientes, a fécula de batata, a farinha de trigo, o açúcar, a manteiga e as raspas de laranja. Misture bem até que a massa esteja homogênea. 
Abra a massa em uma superfície lisa e corte os biscoitos no formato desejado.
Coloque em uma assadeira untada e leve ao forno a 180oC até que fiquem assados no fundo e levemente dourados nas bordas - esses biscoitos saem meio molinhos do forno e terminam de firmar do lado de fora - por isso espere esfriar um pouco antes de remove-los da forma. Essa massa não doura com facilidade então verifique sempre o fundo do biscoito que doura mais rápido que a parte de cima.