segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

RAVIOLI DE DAMASCO COM MOLHO DE GORGONZOLA




Adoro a combinação de damasco com gorgonzola e como não tinha damascos frescos suficientes para fazer um creme, entao acabei utilizando uma géleia que possuia na geladeira, a principio achei que fosse ficar muito doce mas o resultado foi ótimo, adorei a combinação. Coloquei um pouco mais forte o molho de gorgonzola o que harmonizou perfeitamente com a geleia de damasco.

Ingredientes
Para duas pessoas
200gr de farinha de trigo
2 gemas
½ xicara de geléia de damasco
50gr de queijo gorgonzola
2 xicaras de creme de leite fresco
½ xicara de vinho branco
2 galhos de tomilho
2 folhas de salvia
Sal e pimenta do reino a gosto
½ cebola
Azeite

Comece fazendo a massa do ravioli. Em uma vasilha coloque a farinha, as gemas e duas colheres de sopa de azeite. Misture bem até formar uma massa consistente. Monte a maquina de abrir macarrão e abra a massa. Com o auxilio de um cortador de ravioli ou cortador comun, corte a massa, coloque uma colher de chá de geléia de damasco e feche vedando bem as extremidades. Repita a operação ate acabar toda a massa. Reserve. Faça o molho. Em uma panela coloque o vinho, a cebola inteira, as folhas de salvia, os galhos de tomilho e o queijo gorgonzola cortado em pedaços. Abaixe o fogo e deixe derreter. Tempere com pimenta do reino a gosto. Quando estiver reduzido pela metade, Junte o creme de leite e mexa bem. Desligue o fogo e reserve. Aqueça uma panela com água e sal e quando estiver fervente junte os raviolis. Deixe cozinhar por 4 min, escorra e  reserve. Aqueça o molho, retire as folhas de salvia, de tomilho e a cebola. Junte os raviolis no molho e sirva com queijo parmesão ralado



terça-feira, 22 de dezembro de 2015

BOLO DE CHOCOLATE COM FRUTAS VERMELHAS



A receita desse bolo é uma adaptação da receita da Dani Noci que faz o programa I Could kill for Dessert, que eu adoro. A receita original leva um creme de nutella  e é feita em 3 formas pequenas de 13cm cada. Como fiz super na presa, não reparei que a minha forma era bem maior que 13cm de diametro, so me dei conta quando já havia entornado a massa dentro da forma e não pude mais retornar. Consequencia disse é que meu bolo ficou super fino mas gostoso mesmo assim. Proxima vez vou seguir a receita e assa-lo em formas menores. O recheio que usei foi uma ganache comum de chocolate meio amargo.

Receita para 3 formas de 13cm
Para o Bolo
1 xícara de farinha de trigo
1 + 1/4 xícara de açucar cristal
1/2 xícara de cacau em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
1/2 xícara de iogurte grego
1 colher de sopa de suco de limão
75 ml de café expresso
90 ml de óleo
2 ovos
1 colher de sopa de extrato de baunilha
Para o Ganache
350gr de chocolate meio amargo puro
150ml de creme de leite

Para decoração frutas vermelhas (morangos, cerejas, mirtilos e amoras)

Comece fazendo o bolo. Misture todos os ingredientes líquidos e o açúcar em uma tigela.
Junte todos os ingredientes secos e peneire por cima dos líquidos. Misture apenas até que tudo fique homogêneo. Distribua nas 3 formas de 3cm de diâmetro previamente untadas e enfarinhadas com chocolate em pó. Leve para assar a 180oC por aproximadamente 30 minutos ou até que você coloque um palito no centro do bolo e ele saia limpo.
Deixe que os bolos esfriem na forma.
Faça o ganache. Aqueça uma panela com água e coloque um pirex em banho maria. Corte o chocolate em pedaços pequenos e coloque para derreter no banho maria. Quando estiver mole desligue o fogo e retire o pirex do banho maria. Junte o creme de leite e mexa bem até que a mistura esteja homogenea. Reserve.
Corte o topo dos  3 bolos para nivelar. Coloque a primeira camada de bolo em um prato de servir, passe uma camada generosa de ganache e repita a operação até colocar todos os bolos.
No final passe um porção final de ganavhe por cima do bolo e arrume com a decoração de frutas.








quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

TOMATINHOS ASSADOS COM QUEIJO BOURSIN E REDUÇÃO DE BALSÂMICO



Não curto muito jantar, prefiro fazer refeições mais leves a noite, durante a semana, deixando os jantares somente para ocasiões especiais. Fazer refeições mais leves e que sejam atraentes e gostosas é sempre um desafio. Achei esses tomatinhos, que estavam lindos, e resolvi faze-los assados acompanhados de queijo de cabra com torradas. Foi uma ótima refeição, simples e rápida.

Ingredientes
Para duas pessoas
1 pratinho de tomates pequenos (um pouquinho maior que o cereja)
Queijo boursin
1 xicara de aceto balsamico
1 colher de sopa rasa de mel
Sal grosso
Pimenta do reino fresca, moída na hora
Azeite
Folhas de alecrim ou manjericão
Torradas para acompanhar

Lave bem os tomates e seque-os. Pegue uma travessa e unte com azeite, disponha os tomates e regue com azeite. Polvilhe  sal grosso e pimenta do reino fresca. Leve ao forno alto por 15 min ou até que estejam começando a muchar. Em uma panela pequena coloque o aceto balsamico e o mel, leve ao fogo baixo até que reduza a metade e esteja mais grosso. Retire os tomates do forno e transfira-os para uma travessa. Pegue uma bolinha de queijo boursin e coloque sobre cada tomate. Coloque folhas de alecrim ou manjericão. Regue com a redução de balsamico e sirva com torradas.





segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

ESPAGUETE COM CAMARÕES E MOLHO DE AJI AMARILLO (SALSA A LA HUANCAÍNA)


Na última vez que estive no Chile comprei um vidro médio de Aji Amarillo, que é uma pasta de pimenta Aji Amarilla que é base de muitas receitas no Peru, Chile e Mexico. Aqui no Brasil é bem difícil de se achar, principalmente fora do eixo Rio – São Paulo e, quando se acha, o preço é um absurdo. Nessa mesma visita ao Chile, comi um prato de massa com um creme de Aji Amarillo e pedaços de Centoula (Caranguejo) que estava maravilhoso. Achar Centoula no Brasil é muito difícil entao, pensando nesse prato fantastico que provei, resolvi fazer uma versão mais tupiniquim com camarões. Ficou ótimo, o Aji que comprei é bem forte e tem que ter muito cuidado antes de usa-lo na receita, provar para saber a quantidade certa.

200gr de espaguete ou massa de sua preferencia
150gr de camarões cinzas limpos
½ tablete de caldo de legumes
3 dentes de alho
1 cebola pequena
1 colher de sopa rasa de Aji Amarillo (ou um pouco menos dependendo de seu gosto)
1 caixinha de cream cheese
½ alho poro
200ml de creme de leite fresco
½ xicara de vinho branco
½ limão
Azeite
Sal

Em uma vasilha coloque os camarões e regue com o suco de limão e azeite. Mexa bem e tempere com o alho picado. Deixe marinar por, pelo menos, 30 minutos. Aqueça uma panela com 3 colheres de sopa de azeite e coloque uma porção de camarões para fritar – não coloque todos de uma vez para que não de água. Frite rapidamente somente para pegar cor. Retire e reserve em uma vasilha. Repita a operação com o restante dos camarões. Pique a cebola e o alho poro bem pequeno e coloque na panela que fritou o camarão para dourar, se preciso junte um pouco mais de azeite.  Junte o caldo de legumes e o vinho e o vinho branco. Com o auxilio de uma colher dissolva o caldo de legumes no vinho. Passe essa mistura por um processador ate que fique um creme liso. Volte para a panela e junte o Aji Amarillo, o creme de leite e o cream cheese. Misture bem até que esteja tudo bem emulsionado. Prove e acerte o sal se for necessário. Aqueça uma panela com água e sal e quando estiver fervendo junte a massa. Deixe cozinhar pelo tempo indicado na embalagem. Escorra e reserve. Volte os camarões que estavam separados para dentro do molho, deixe aquecer rapidamente e sirva com a massa.




quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

ALMÔNDEGAS COM ESPECIARIAS E MOLHO DE LEITE DE COCO


Adoro sabores exóticos e toda vez que tenho oportunidade de experimenta-los é fantastico. Esses dias tinha um pouco de carne moida na geladeira e muitas especiarias no armário, resolvi fazer um teste que, no final, me surpreendeu. Essas almondegas com molho de leite de coco e creme de leite ficaram, simplemente, fantasticas. Uma das minhas experiencias que mais gostei. Muito mas muito macias e com um sabor incrivel. Com certeza vou repetir essa receita muitas, e muitas vezes aqui em casa.

Ingredientes
200gr de carne moida
½ colher de sopa de sementes de cominho
½ colher de sopa de sementes de coentro
1 anis estrelado
½ colher de sementes de mostarde
1 colher de chá de chili em flocos (pimenta calabresa)
½ colher de chá de sementes de pimenta do reino branca
1 cebola pequena
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de salsa picada fina
Sal a gosto
Farinha de rosca para dar o ponto (de 4 a 5 colheres de sopa)
1 vidro de leite de coco
1 tablete de caldo de carne
250ml de creme de leite fresco
3 colheres de sopa de óleo para fritar


Coloque as sementes de cominho, coentro, mostarda e o anis estrelado em uma frigideira e leve ao fogo médio para esquentar. Quando começar a soltar os aromas, cerca de 1 minuto, desligue o fogo e transfira para um pilão.  Junte o chili em flocos e a pimenta do reino. Amasse as especiarias até que estejam todas homogeneas formando um pó fino. Reserve. Descasque e corte a cebola bem pequena. Reserve. Em uma vasilha coloque a carne moída, os temperos do pilão, a cebola bem picada, o alho amassado e tempere com sal. Misture bem até que tudo esteja homogeneo e junte a salsinha picada. Misture novamente ate estar bem homogeneo. Vá juntando aos poucos a farinha de trigo, misturando sempre, até dar o ponto de moldar as almondegas. Deve ser firme mas não muito pesado. Molde bolinhas do tamanho de uma bola de golfe. Leve a geladeira por 30 min. Aqueça uma panela com o óleo e frite as almondegas até que estejam douradas. Junte o leite de coco, o caldo de carne e o creme de leite. Abaixe o fogo e tempere com sal se necessário. Deixe cozinhar por 3 minutos até que o molho tenha incorporado. Sirva com couscous marroquino ou arroz branco.



segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

OVOS COM BOK CHOY


Voces já experimentaram a Bok Choy? Tambem conhecida como Pak Choi. Essa é a acelga chinesa que tem começado a aparecer com mais frequencia nos supermercados e hortifrutis do Brasil.  Comprei a minha na feira e estava linda, com as folhas bem verdes e tenras e o bulbo de um tamanho inacreditavel. É um legumes bonito que dá vontade de comer. Confesso que minha experiencia com Bok Choy era nula entao, depois de alguma pesquisa na internet, fiz duas receitas. A Bok Choy refogada na frigideira com azeite e alho, que achei menos  saborosa, talvez eu tenha deixado pouco tempo no fogo, e essa receita aqui em baixo que eu amei. Engraçado como essa segunda tentativa, que foi bem mais simples, realçou muito o sabor da Bok Choy. Adorei e vou comprar outras vezes com certeza. Acho que escalda-la primeiro deve realçar o sabor, quem sabe depois refogando não seja a maneira correta de fazer?! A combinação com o ovo ficou perfeita, um prato muito leve mais cheio de sabor. Ideal para dietas.

Ingredientes
Para duas pessoas
2 ovos frescos
1 maço de bok choy
Azeite
Sal e pimenta do reino a gosto
Paprica em flocos
Sal rosa do himalaia

Corte as folhas da bok choy bem poximas a parte verde da folha, descartando o maximo os talos. Lave bem e coloque em uma panela com água fervente e sal por 3 a 4 minutos, o suficiente para que cozinhem mas não fiquem com o verde escurecido. Retire do fogo e passe por água fria para cortar o cozimento.  Escorra bem e pegue cada folha e faça um rolinho bem apertado como se fossem charutinhos. Reserve. Aqueça uma panela com água e quando estiver fervendo coloque cuidadosamente os ovos para cozinhar. Deixe por exatos 4 minutos, no maximo cinco se ainda quiser a gema mole. Escorra e passe pela água fria. Coloque sobre um apoio para ovos, se não tiver use uma xicara de café.  Com o auxilio de uma faca quebre a parte de cima da casca cuidadosamente e retire a parte de cima do ovo como se fosse uma “tampa”. Tempere o ovo com pimenta do reino e os temperos de seu gosto. Eu usei uma parica alemã que ganhei de presente, que é em flocos e deliciosa, tambem polvilhei com flor de sal rosa do Himalaia. Regue os charutinhos de bok choy com azeite e sirva. A ideia aqui é mergulhar os charutos da bok choy no ovo e degusta-los. Delicia!!





quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

SORBET DE PÊSSEGO




O sorbet é bem parecido com o sorvete, a diferença entre os dois é que o sorvete leva leite em sua composição, e o sorbet não, o sorbet é praticamente a polpa da fruta batida. Por não levar nenhum tipo de gordura, os sorbets são lights por excelência, ideais para quem não quer ganhar peso e levar uma vida mais saudável. Um desvantagem do sorbet é que derrete mais facilmente.
O sorbet pode ser consumido como sobremesa ou não. Os franceses costumavam servir o sorbet como um entremets, ou seja, um entrepratos, com a função de limpar o paladar para receber o prato seguinte.  Com receita bem simples, o sorbet pode ser feito de qualquer fruta. Existem pequenas variações na sua preparação como a adicição de açucar, vinho e claras, que depende muito da receita.


Ingredientes
Para duas pessoas
8 pêssegos bem maduros
1 colher de sopa de açucar

Lave e descasque os pêssegos, retirando o carroço. Corte os pêssegos em pedaços e disponha em um processador junto com o açucar. Bata até obter um creme liso. Coloque em um recipiente e leve ao congelador por uns 30 minutos. Retire, retorne para o processador e bata novamente até obter um creme mais espesso. Retorne o creme para a vasilha e leve ao congelador. Esta pronto o seu sorbet!
Voce pode fazer o sorbet com a polpa de qualquer fruta, pode, inclusive, misturar mais de uma fruta na mesma receita ou saboriza-la com nozes, hortelã, etc...






segunda-feira, 30 de novembro de 2015

PÃO ROTI COM ESPECIARIAS





Roti é um tipo de pão achatado, feito sem levedura (fermento), típico do sul da Índia e países vizinhos, principalmente Maldivas e Sri Lanka.  Também é conhecido como Fulka ou Chapati.  Na índia é possivel ver a preparação desse pão nas ruas, servido com diferentes recheios (Paratha). A diferença dessa versão aqui é que ela é pincelada com especiarias assim que sai do fogo, deixando o roti bem mais saboroso. Fica ótimo para acompanhar um cervejinha.
A receita eu meio que faço de olho mesmo mas segue abaixo:

Ingredientes
1 xícara de farinha de trigo;
¼ de uma colher de chá de sal;
½ xícara de água em temperatura ambiente;
1 colher de azeite
Farinha de trigo para abrir a massa;
1 colher de sopa de gergelim torrado
1 colher de sopa de chili em flocos
1 colher de sopa de tomilho seco (mas pode usar fresco)


Em uma vasilha misture a farinha de trigo e o sal, misture bem e faça uma cavidade no centro da mistura.  Em seguida adicione a água e o azeite misturando para até fazer uma massa; Sove um pouco até a massa obter elasticidade e ficar bem lisa. Deixe descansar por 10 min. Em quanto isso faça a cobertura de ervas. Em uma vasilha coloque as especiarias e as 4 colheres de azeite.  Misture bem e reserve. Corte a massa em pequenas porções, mais ou menos do tamanho de uma bola de golfe, polvilhe uma superficie com farinha. Pressione as bolas entre a palma de suas mãos, em seguida passe essa massa dos dois lados na farinha de trigo. Com o auxilio de um rolo, abra bem a massa em forma de um disco. Evite adicionar muita farinha de trigo para abrir a massa pois isso fará que o pão fique ressecado;

Aqueça bem uma frigideira anti aderente. Quando estiver bem quente, coloque o disco de massa. Deixe cozinhar dos dois lados, surgirão algumas bolhas, isso indica que você deve virar a massa. Faça isso dos dois lados do disco até que a massa esteja assada, com aspecto levemente tostado. Assim que retirar do fogo, pincele com a mistura de azeite com especiarias. 





quinta-feira, 26 de novembro de 2015

COSTELA DE PORCO ASSADA COM MOLHO DE MOSTARDA



Ingredientes
Para duas pessoas
1 peça de costela de porco aprox. 600gr
1 ½ copo 250ml de vinho branco
3 folhas de louro
4 dentes de alho
1 cebola grande
Sal e pimenta do reino a gosto
1 colher de sopa de mostarda amarela

Em uma travessa, de preferencia de vespera, coloque a costela de molho com a cebola bem picada, o alho picado e o vinho. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Junte as folhas de louro e cubra com papel de aluminio. Deixe marinar de um dia para o outro, se nao conseguir deixe por pelo menos 4 horas. Aqueça o forno e coloque a costela, ainda coberta pelo papel de aluminio, para assar a 180º.C por duas horas. Retire o papel de aluminio e deixe dourar por mais  30 minutos a 200º.C. retire a costela do forno e coloque-a sobre uma tábua e corte em cubos generosos. Passe o caldo que ficou na travessa por uma peneira fina, esprema a cebola e o alho que devem ficar como uma pasta. Volte o caldo coado para uma panela pequena e junte a mostarda. Prove e acerte o sal e a pimenta se necessário. Aqueça e sirva junto com os cubos de costela. Pode servir acompanhado de arroz, batatas, maionese ou qualquer outro acompanhamento de sua preferencia.
Veja outras receitas com costela:

COSTELA DE PORCO ASSADA COM EDAMAME, BATATAS E MOLHO BARBECUE

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

SARDINHAS RECHEADAS DA DNA ODETTE





A historia dessa receita é bem antiga, é da minha avó paterna, Dna. Odette Motta. Ela fazia essas sardinhas para o meu avô, que adorava. Na verdade a familia inteiro, e os amigos, sempre adoraram essa sardinha.  No final da década de 70, um dos amigos do meu pai abriu um bar/ restaurante em Niteroi, o Celacanto, e convidou minha avó para fornecer as famosas sardinhas recheadas como um dos aperitivos do local. Nessa epoca, a revista Playboy lançou uma lista onde pessoas famosas colocavam o ranking dos restaurantes e pratos que mais gostavam. O cartunista Jaguar indicou as “ sardinhas da Dna Odette” do restaurante Celacanto como um de seus pratos favoritos, e foi assim que minha avó saiu na Playboy!! J

Dificuldade: Média
Rendimento:  4 unidades (depende do tamanho das sardinhas)

Ingredientes
1kg de sardinha maromba fresca
1 tomate grande frescos, bem maduro
1 cebola grande
1 maço de salsinha fresca
½ pimenta dedo de moça sem sementes
1 colher rasa de sobremesa de vinagre
Sal e pimenta do reino a gosto
Farinha de mandioca
Óleo para fritar
½ limão


Compre as sardinhas frescas e limpas, sem cabeça e cortadas o filezinho, aberto, como se fosse uma borboleta, sem a espinha central. Retire toda a espinha dos filés e tempere com uma mistura de sal, limão e pimenta do reino. Lave bem os tomates, retire as sementes e corte em cubos bem pequenos. Reserve. Descasque as cebolas e corte em cubos pequenos, ideal que seja do mesmo tamanho dos tomates. Reserve. Lave bem a salsinha e pique bem pequeno. Lave bem a pimenta dedo de moça, retire as sementes e corte em cubinhos.  Em uma vasilha, junte os quatro ingredientes – tomates, cebola, pimenta dedo de moça e salsinha. Tempere com o vinagre, sal e pimenta do reino a gosto. Aperte bem para retirar todo o soro que se formou nessa mistura e que possa ter saido do tomate e da cebola. Pegue uma porção dessa mistura, aperte bem e coloque entre dois filés de sardinha, como se fosse um sanduiche mas em quantidade suficiente para que as laterais dos filés se fechem, formando um recheio. Aperte novamente para que fique bem preso. Coloque as duas mãos em concha e pressione os filés com recheio no meio da mão. Aperte. Passe a sardinha pela farinha de mandioca e coloque em um tabuleiro. Não leva ovo. Repita a operação até terminar todos os filés. Leve os filés na geladeira por, pelo menos, 20 minutos. Aqueça uma panela com óleo e frite as sardinhas até que estejam douradas. Sirva quente acompanhada de molho de sua preferencia.




terça-feira, 17 de novembro de 2015

BATATA ASSADA RECHEADA COM CREME DE COGUMELOS






Essa é aquele tipo de receita que voce faz em casa para um lanchinho rápido olhando as sobras da geladeira. O que não combina com batata?! O que não fica gostoso com  cogumelos e  creme de leite?! E se juntarmos essas duas coisas e ainda acrescentar um porção generosa de queijo?! Nossa ... perfeito. É assim que posso descrever como ficou essa batata.

Ingredientes
Para duas pessoas
2 batatas grandes
1 pratinho de cogumelos shimeji  (se não tiver pode substituir pelo  shitake ou paris)
½ cebola
2 dentes de alho
3 galhos de tomilho fresco
Sal e pimenta do reino a gosto
Azeite
½ copo de conhaque para flambar
1 ½ xícara de queijo gruyere  ralado (se não tiver pode substituir pelo parmesão ralado)
¾ xicara de creme de leite

Lave bem as batatas tirando toda as impurezas da casca.  Envolva as batatas em papel de aluminio e leve ao forno a 220º. C  até que estejam macias, cerca de 40 min dependendo do seu forno e do tamanho da batata. Enquanto as batatas estão assando, faça o recheio. Limpe bem os cogumelos e separe os cogumelos dos ramos – se for shitake ou paris, corte-os em laminas. Reserve. Descasque e corte a cebola em cubos bem pequenos. Reserve. Descasque e corte o alho. Aqueça uma frigideira com 3 colheres de azeite e quando estiver aquecido junte a cebola e refogue. Quando a cebola estiver transparente, junte o alho e misture bem. Junte os cogumelos e refogue por uns 3 minutos. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto . Junte o conhaque e flambe até reduzir bem o liquido. Junte as folhas de tomilho e , por ultimo, o creme de leite. Misture bem e deixe reduzir . reserve. Retire as batatas do forno, corte-as ao meio e com o auxilio de uma colher retire o centro  deixando um pouco de “ miolo” entre o centro e a casca. Faça um “ barquinho” com cada lado da casca.  Misture ½ xicara do queijo no refogado de cogumelos, misture bem e coloque uma porção generosa dentro de cada batata.   Unte um refratário com azeite e disponha as batatas. Regue as batatas com um pouco de azeite e cubra cada  batata com outra porção de queijo para poder gratinar. Leve ao forno alto, 220º. C até que o queijo esteja gratinado. Sirva quente.



sexta-feira, 13 de novembro de 2015

PEITO DE FRANGO COM MOLHO DE LARANJA E CURRY




Essa receita faz parte do desafio panelinha da Editora Panelinha da Rita Lobo. Conforme já tinha postado aqui, foi feito um desafio pelo site com cinco etapas, participei de quatro. Uma delas incluia a receit de frango com molho de laranja. Essa aqui, eu mudei um pouco o molho acrescentando o curry para dar um sabor um pouco mais picante. Ficou uma delicia! Como é bom poder variar os pratos de frango. Se voce quiser ver a receita original, entra lá no site da editora Panelinha.

Para duas pessoas
Ingredientes
2 filés de peito de frango
1 ½ xícaras (chá) de caldo de laranja
1/4 de xícara (chá) de azeite
1 dente de alho
1 colher (sopa) rasa de farinha de trigo
3 ramos de alecrim fresco
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
azeite
Para o Molho de Laranja
1 xícara de suco de laranja sem carroços
1 colher de chá de curry
½ pimenta dedo de moça picada (a gosto – se quiser mais picante acrescente mais pimenta)
1 pitada de sal
Pedaços de casca de laranja para enfeitar


Sob água corrente, lave os filés de frango. Aproveite para descascar e amassar o dente de alho. Esprema apenas ½ xícara de suco de laranja (a outra será usada mais para frente) e, numa tigela grande, misture com ¼ de xícara (chá) de azeite e o dente de alho (descascado e amassado). Mergulhe os filés de frango, tampe com o prato e deixe marinar por 20 a 30 minutos, em temperatura ambiente (se quiser deixar mais tempo, leve à geladeira). Atenção: não usamos filezinho de frango e sim o filé, que nada mais é do que a metade de um peito inteiro. Enquanto o frango fica na marinada, prepare o purê de batatas (veja a receita abaixo). Quando o purê estiver pronto, preaqueça o forno a temperatura baixa. Leve ao fogo médio uma frigideira antiaderente grande. Quando aquecer, regue com um fio de azeite (apenas para untar o fundo). Pegue um filé de frango, escorra bem a marinada. Coloque a parte de cima para dourar primeiro. Coloque dois filés por vez. Tempere com sal e pimenta-do-reino e não mexa mais na carne. Depois de 4 minutos, vire, tempere novamente e deixe cozinhar por mais 4 minutos. Doure apenas dois filés por vez. Atenção: para que o frango cozinhe direitinho, a frigideira tem que estar quente, mas não soltando fumaça. Caso contrário, ele irá queimar por fora e continuar cru por dentro. Transfira os peitos para um refratário e leve ao forno preaquecido para que não esfriem enquanto você termina de dourar os outros filés. Repita o procedimento e deixe o frango no forno enquanto prepara o molho. Em uma panela pequena junte o restante do caldo da marinada mais 1 xícara (chá) de suco de laranja, o curry, o sal e a pimenta picada. Deixe em fogo baixo até começar a engrossar. Desligue o fogo e transfira o molho para a frigideira onde foi grelhado o frango,  Com um colher de pau, vá raspando no fundo da frigideira para garantir o sabor do molho.  Deixe por mais um minuto, se passar do ponto, regue com água. Desligue o fogo e passe o molho pela peneira se preciso. Corte a casca de laranja de tiras finas retirando a parte branca da casca. Ferva em água por cerca de 10 minutos. Junte ao molho. Prove o tempero e acerte com sal, o sabor deve ser levemente picante. Sirva a seguir quente sobre o filé de frango, acompanhado do purê de batatas.






terça-feira, 10 de novembro de 2015

RISOTO CARBONARA


Ultimamente ando com vicio de comer macarrão a carbonara, seja com massa ou com macarrão de pupunha, que fica uma delicia. Para variar um pouco, mas sem sair do tema, peguei a receita do carbonara e resolvi fazer um risoto. Bacon, ovos, queijo e um pouco de creme de leite. Adorei!!  
Para os vegetarianos, é só retirar o bacon ou, substitui-lo por queijo grelhado, palmito em cubos ou qualquer outro ingredientes de sua preferencia. Versátil não?!

Ingredientes
Para duas pessoas
1 xicara de arroz arborio
1 cebola pequena
1 dente de alho
100gr de toucinho (bacon)  fresco
4 gemas
100ml de creme de leite fresco
1 xicara de queijo parmesao ralado
1 copo de vinho branco
2 copos de caldo de frango
Sal e pimenta do reino a gosto
Ceboulette para enfeitar


Corte o toucinho em pedaços iguais e coloque-os em uma frigideira de tefal. Deixe fritar ate que todos os lados estejam dourados mas não queimados. Retire os cubos de bacon e reserve a frigideira com  a gordura que fritou o bacon. Coloque os cubos fritos para secar em papel absorvente. Pegue uma panela média e coloque duas colheres de sopa de azeite, adicione a cebola picada bem fina e deixe refogar ate que esteja transparente. Adicione o alho picado e deixe refogar por mais alguns minutos. Adicione o arroz e mexa bem ate que todos os grãos estejam envoltos no azeite. Junte o vinho e deixe-o evaporar quase todo. Junte o caldo de frango aos poucos mexendo sempre. Vá adicionando o caldo de frango aos poucos ate que o arroz esteja quase pronto. Coloque a frigideira com a gordura do bacon sobre a panela para que fique aquecida com o vapor.  Em uma vasilha coloque as gemas, o queijo ralado e um pouco do creme de leite, mexa bem e adicione sobre a frigideira. Mexa bem e vá juntando o restante do creme de leite aos poucos. Tempere com sal e pimenta do reino. Junte a mistura da frigideira com o arroz, mexa de 3 a 4 minutos e desligue o fogo. Junte um pouco da ceboulette, misture.  Sirva com os cubos de bacon frito e queijo parmesão ralado.




quinta-feira, 5 de novembro de 2015

DOCE DE NOZES


Minha mãe costuma fazer essa receita no natal e, além do sucesso, ela causa surpresa na maioria das pessoas quando experimentam. O doce é bem simples mas tem um sabor incrivel e fica super legal para acompanhar bolos e sorvetes. O sabor parece de coco mas não leva coco na receita. Experimente! Voce vai se surpreender.
Rendimento:  Aproximadamente 10 porções

Ingredientes
2 xicaras de açucar
6 ovos
1 xícara de água
1 xícara de nozes picadas


Em uma panela coloque o açucar para dourar em fogo médio – não mexa com uma colher, se for preciso movimente a panela para que todo o açucar fique dourado. Quando estiver todo marrom, adicione um a um os ovos, mexendo bem a cada ovo. Faça isso mexendo sempre. Após adicionar todos os ovos, coloque uma xicara de água cuidadosamente e mexa bem até que tenha engrossado um pouco. Desligue o fogo, deixe esfriar por uns 10 minutos e  adicione as nozes picadas grosseiramente. Sirva acompanhado de uma bola de sorvete de creme ou de um bolo.



terça-feira, 3 de novembro de 2015

ESPAGUETE DE PUPUNHA A CARBONARA COM TOMATES CONFIT


Já dei aqui a receita original desse prato feito pelo Chef Alex Atala, da qual sou fã de carteirinha! Essa é apenas uma veriação da receita original onde acrescentei tomates cereja confit e ceboulette para dar um gostinho adicional. Tambem troquei o presunto de parma, da minha primeira receita, pelo bacon que é tradicional no carbonara. Uma delicia. Adoro essa receita.


Ingredientes
Para duas pessoas
2 peças de palmito pupunha
50 g de bacon sem couro e cortado em cubinhos
4 gemas
100 gramas parmesão ralado
1 xícara de creme de leite
Sal e pimenta
10 g de manteiga
½ maço de ceboulette picada finamente
10 tomatinhos cereja confit

Corte o palmito pupunha em sentido longitudinal, com o auxílio de um cortador de tiras. Eu uso um que corta tiras para a cozinha japonesa, fácil de achar em lojas orientais. Voce tambem pode usar uma mandolina para tirar laminas e depois corta-las com a faca. Ou comprar o pupunha já cortado para macarrão. Corte o bacon em cubos pequenos e, numa frigideira, coloque os pedacinhos e leve ao fogo baixo até que fiquem dourados e crocantes. Retire o bacon da frigideira com auxílio de uma escumadeira e coloque no papel-toalha. Reserve a gordura do bacon. Em um bowl, misture bem as gemas com o queijo, depois adicione a gordura do bacon e por último o creme de leite.

Cozinhe o palmito em água com sal, por aproximadamente 3 minutos. Escorra. Coloque o pupunha branqueado numa frigideira, adicione o molho carbonara e acrescente sal a gosto. Vá mexendo sempre a panela em movimentos circulares para que o molho espesse rapidamente e chegue a uma consistência napê (tomando cuidado para as gemas não talharem). Salpique pedacinhos de bacon, os tomates cereja confitados, pimenta e a ceboulette. Misture bem e sirva em seguida. Polvilhe com queijo parmesão ralado.

Veja outras receitas com palmito pupunha:
BOBÓ DE PALMITO PUPUNHA
FETTUCINE DE PUPUNHA A CARBONARA
CALDINHO DE PUPUNHA COM LEITE DE COCO E SICHUAM PEPPER
ENSOPADO DE FAVAS BRANCAS COM PALMITO PUPUNHA
PALMITO PUPUNHA ASSADO COM ERVAS
RISOTO DE AZAFRÃO COM CAMARÃO E PUPUNHA
CARPACCIO DE PUPUNHA





sábado, 31 de outubro de 2015

FRANGO COM MOSTARDA, MEL E ALECRIM



Essa é uma receita bem rústica de frango mas que fica uma delicia. O mais gostoso dessa receita são as batatas assadas que ficam no fundo do refratário que “ pegam” todo o molho e sabor do tempero do frango. É de comer rezando.


Ingredientes
Para duas pessoas
300gr de batatas
2 peitos de frango
1 cebola grande em fatias finas
Folhas de alecrim
Azeite
Sal e pimenta do reino a gosto
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de mostarda dijon
3 colheres de sopa de mostarda em grãos
Suco de um limão grande
3 colheres de sopa de mel


Descasque as batatas e corte-as em laminas finas. Coloque as batatas em uma panela com água quente e deixe cozinhar por cinco minutos. Escorra e reserve. Pré-aqueça o forno a 200º. C. Descasque a cebola e o alho e corte-os em laminas finas. Em uma frigideira coloque uma colher de azeite e frite as cebolas e o alho até que estejam transparentes e comeem a ficar dourados. Desligue. Pegue a assadeira e regue o fundo com um fio de azeite, arrume as fatias de batata no fundo da assadeira e sobreponha as cebolas cozidas em outra camada. Regue com azeite, tempere com sal e pimenta do reino. Em um recipiente misture as mostardas, o mel e o suco do limão. Passe a metade da misture nos peitos de frango e disponha-os sobre as batatas na assadeira. Disponha as folhas de alecrim sobre o assadeira. Pegue a metade do molho restante e coloque sobre os peitos. Abaixe o forno para 180º.C. Cubra a assadeira com um papel de aluminio e leve ao forno por 15 minutos. Quando retirar o papel de aluminio verifique se o molho não secou demais, caso esteja muito seco, adicione um pouco de água quente sobre a assadeira. Remova o papel de aluminio e retorne ao forno por mais 15 minutos. Sirva quente.

 

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

ENSOPADO THAI DE CAMARÃO COM CURRY


Aqui em casa eu  e minha filha adoramos curry, adoramos camarão  e juntar esses dois ingredientes em um único prato é sempre fantastico. Juntei umas especiarias, os camarões e um curry thailandes que tinha na geladeira e pronto!! Ficou uma delicia. Já passei aqui em outras receitas que gosto usar o curry vermelho em pasta da marca Panang Hot Curry mas voces podem troca-lo pelo curry de sua preferencia.

Ingredientes
Para duas pessoas
250gr de camarões frescos e limpos
10 cebolas pequenos tipo echalotas (dessas de conserva)
1 maço de coentro
100gr de vagem
2 tomates frescos e maduros
½ alho poro
2 dentes de alho
1 colher se sopa de sementes de coentro
1 anis estrelado
1 colher de chá de curry vermelho
1 vidro de leite de coco
1 limão
Sal e pimenta do reino a gosto
Azeite
Gengibre
2 folhas de louro
½ talo de capim limão
1 ½ colher de sopa de extrato de tomate


Primeiro tempere os camarões com azeite, pimenta do reino e o alho picado. Deixe marinar por uns 20 min.  Descasque as cebolas e reserve. Em uma panela aqueça um pouco de azeite e quando estiver aquecido junte os camarões. Deixe fritar rapidamente e assim que começarem a ficar rosados, retire-os da panela e reserve. Junte o alho poro picado. Refogue por alguns minutos. Lave bem os tomates, retire as sementes e corte-os em seis pedaços. Junte ao refogado da panela.  Dissolva o curry separadamente em uma vasilha em duas colheres de leite de coco. Junte o leite de coco, o curry  dissolvido, as folhas de louro, as semente de coentro, o anis estrelado, as cebolas inteiras. Junte o gengibre ralado. Tempere com sal e o extrato de tomate. Deixe refogar por uns 15 minutos ou até que as cebolas estejam macias.  Por ultimo, corte as vagens na diagonal em pedaços médios e junte a panela. Junte os camarões que estavam reservados. Prove e acerte o sal se for necessário. Na hora de servir junte folhas frescas de coentro. Sirva com arroz basmati ou couscous marroquino.




segunda-feira, 26 de outubro de 2015

LOMBO DE ATUM EM CROSTA DE ERVAS COM BATATAS AOS MURROS


 A principio achei que essa combinação de batatas aos murros com atum não iria dar certo porem, depois de pronta, o resultado ficou perfeito. Adorei. Para quem não sabe as batatas aos murros é uma receita tradicional da culinária portuguesa e um acompanhamento bem versátil e super simples de ser feito. Quem não gosta de batata?!


Ingredientes
Para duas pessoas
1 lombo de atum de cerca de 500 gr
1 limão
6 dentes de alho
Sal e pimenta do reino a gosto
1 ½ xicara de panko
4 galhos de alecrim
1 colher de sopa de salsinha picada
1 colher de sobremesa de folhas de tomilho
4 batatas médias
2 tomates maduros
Azeite de oliva

Em uma vasilha coloque o lombo de atum para temperar. Junte 3 colheres de sopa de azeite, o suco de ½ limão, sal, pimenta do reino e 2 dentes de alho espremidos. Deixe marinando por, pelo menos, 30 minutos. Enquanto isso faça as batatas. Lave bem as batatas e coloque-as para cozinhar em uma panela com água quente até que estejam macias,  de 15 a 20 min. Escorra e coloque as batatas sobre uma tabua de alimentos. Com o auxilio da palma da mão, pressione as batatas até que o centro tenha rachado e aberto. Repita essa operação em todas as batatas. Pegue um refratário e regue o fundo com azeite, transfira as batatas para o refratário. Polvilhe com sal grosso, folhas de alecrim e pimenta do reino branca. Pegue os dentes de alho restantes e disponha entre as batatas. Lave bem os tomates e parta-os ao meio, disponha no mesmo refratário. Polvinhe tudo com uma boa porção de azeite e leve ao forno pre aquecido a 180º. C até que as batatas estejam douradas.  Faça a crosta de ervas. Em uma vasilha coloque o panko, as folhas de tomilho e a salsa picada . Retire as folhas de 2 galhos de alecrim e pique-as o mais fino possivel, junte ao panko com as demais ervas. Tempere com sal e pimenta do reino. Pegue uma tabua de alimentos e disponha a farinha de panko temperada sobre a tabua formando uma “ cama”. Pegue o lombo de atum, escorra um pouco e coloque sobre a tábua e pressione. Vá virando o lombo e pressionando sobre a farinha de panko temperada até que esteja todo coberto e envolto pela farinha. Reserve. Aqueça uma frigideira anti aderente com um pouco de azeite e quando estiver quente coloque, cuidadosamente, o lombo de atum para fritar. Coloque um lado e deixe dourar sem mexer, não faça muitos movimentos com o lombo, deixe dourar cada lado até que vire para o proximo. Quando estiver dourado retire da frigideira. A crosta deve ficar dourada porem o centro do lombo deve continuar rosado. Disponha sobre uma tabua e corte em fatias. Sirva com as batatas aos murros, as fatias de tomate e o alho assado. Se quiser acompanhe um molho de redução de shoyo com mel.




segunda-feira, 19 de outubro de 2015

PICADINHO DE FILÉ MIGNON COM FAROFA DE BANANA PASSA E CASTANHA DO CAJU


Essa receita é la do site Panelinha da Rita Lobo e fez parte da terceira etapa do Desafio Panelinha do queal tenho participado. A receita abaixo segue a risca a receita do site da Rita Lobo, mas se voce quiser dar uma olhada no site original voce pode acha-lo aqui. O picadinho é uma receita versatil e um classico brasileiro, quem não gosta?! Eu adoro!! Essa receita ainda acompanha uma farofa de banana passa com castanhas do caju que é inspirada numa receita do chef alagoano Wanderson Medeiros, com sabores bem brasileiros é supercrocante.


Ingredientes
1 kg de filé mignon em cubos
2 cebolas
3 dentes de alho
4 colheres (sopa) de farinha de trigo
70 g de bacon em cubinhos
1/4 xícara (chá) de extrato de tomate (cerca de 130 g)
2 colheres (sopa) de molho inglês
caldo de 1/2 limão
5 colheres (sopa) de azeite
1/4 xícara (chá) de salsa
3 xícaras (chá) de água
sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Para a farofa
500 g de farinha de mandioca torrada
200 g de manteiga
1 xícara (chá) de castanha-de-caju torrada
1 xícara (chá) de banana-passa picada
sal a gosto

Modo de Preparo

Descasque e pique fino a cebola e o alho. Leve um pouco mais de 3 xícaras (chá) de água para aquecer numa chaleira. Caso compre uma peça inteira de mignon, corte em bifes; em seguida, corte os bifes em tiras e as tiras, em cubos. Com um pano de prato limpo, seque bem a carne. Transfira para uma tigela larga ou travessa e polvilhe os cubos com a farinha - essa técnica, chamada singer, serve para engrossar o molho. Leve uma panela grande ao fogo médio. Quando aquecer, regue com 2 colheres (sopa) de azeite e doure cerca de 1/3 dos cubos, sem cobrir todo o fundo - se colocar toda a carne de uma vez, ela vai resfriar a panela e cozinhar no próprio líquido, em vez de dourar. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto e mexa aos poucos para dourar por igual. Transfira os cubos para uma tigela e mantenha a panela em fogo médio. Doure o restante da carne em mais duas etapas, regando com 1 colher (sopa) de azeite antes de cada leva. Após retirar os últimos cubos, regue a panela com 1 xícara (chá) da água quente e o caldo de limão. Com uma colher de pau, raspe bem o fundo da panela para dissolver o queimadinho que se formou, apenas até limpar a panela, cerca de 1 minuto. Transfira esse caldo para a tigela da carne, passando por uma peneira. Volte a panela ao fogo médio e regue com o azeite restante. Junte o bacon e deixe dourar, mexendo de vez em quando. Adicione a cebola e refogue até murchar. Acrescente o alho e misture por mais 1 minuto. Adicione o extrato de tomate e misture bem. Volte a carne, com o caldo, para a panela e mexa apenas para aquecer. Regue com mais 2 xícaras (chá) da água fervente e misture o molho inglês. Quando começar a ferver, deixe cozinhar por mais 6 minutos. Enquanto isso, lave, seque e pique a salsinha. Desligue o fogo, prove e ajuste o sal e a pimenta-do-reino. Salpique a salsinha e sirva a seguir, acompanhado de arroz branco.

Para a farofa

Numa tábua, pique a castanha-de-caju. Em uma frigideira grande, derreta a manteiga em fogo médio. Junte a banana-passa picada e mexa bem por 2 minutos, até perfumar a cozinha. Em seguida, junte a castanha-de-caju e misture novamente. Adicione a farinha de mandioca aos poucos, misturando bem. Tempere com sal, desligue o fogo e sirva a seguir.