sexta-feira, 4 de outubro de 2019

CHIPS DE PARMESÃO COM GUACAMOLE





Essa é aquele tipo de entradinha que todo mundo gosta, guacamole com queijo, fácil de fazer e fácil de comer. Rsrsrsrsrs
Procure comprar o Avocado, que é aquele abacate pequeno bem pretinho que é importado, você consegue encontra-lo em hortifrútis e o preço não é nada absurdo. O sabor do Avocado é bem mais suave e doce que o nosso abacate nacional e faz toda a diferença na receita.

Ingredientes
200gr de queijo parmesão em pedaço fresco
2 avocados
2 tomates italianos bem maduros porem firmes
1 cebola média
1 limão
Azeite
Sal e pimenta do reino a gosto

Passe o queijo parmesão no ralador e reserve. Aqueça uma frigideira anti aderente e, quando estiver quente, coloque pequenas porções do queijo ralado espalhando em formato de um pequeno circulo, se for preciso utilize uma espátula de silicone para ajeitar o queijo no formato. Deixe o queijo derreter e formar o chips. Quando começar a secar um pouco, sem queimar, retire da frigideira e deixe descansar em um prato. Repita a operação ate formar todos os chips que você deseja, a quantidade desejada. Depois de prontos, transfira os chips para um papel toalha para escorrer a gordura do queijo. Faça o guacamole. Lave bem os tomates, corte e retire as sementes. Corte em cubos bem pequenos e reserve. Retire a casca da cebola e corte em cubos bem pequenos, do mesmo tamanho dos cubos de tomate. Reserve. Corte o avocado e retire o carroço transferindo a carne para uma tigela. Regue com o suco de limão para não escurecer e amasse bem com um garfo – aqui fica meio que a gosto de cada um, tem gente que gosta do creme de abacate bem liso e homogêneo e tem gente que gosta dele com pequenos pedacinhos do abacate para dar mais textura, eu amasso com um garfo para ficar com pequenos pedacinhos. Tempere com sal, pimenta do reino a gosto e azeite. Misture bem e reserve.  Corte e pimenta dedo de moça, retire as sementes e corte em cubos pequenos. Junte ao abacate. Pegue pequenas porções do creme de abacate e coloque sobre cada chips de queijo, em cima do creme coloque porções de cebola e tomate. Repita a operação ate terminar todos os chips. Sirva quente ou frio.






TAJINE DE FRANGO





Eu já passei aqui no blog uma receita de Tajine de carne, agora passo essa de frango que é um dos meus preferidos. Quando estive no Marrocos escolhia, sempre, o Tajine de frango ou cordeiro que são bem populares nesse país. Os legumes você pode colocar o que tiver em casa pois, pelo que vi, não existe muita regra.

Ingredientes
Para duas pessoas
Gengibre em pó
Canela em pó
Cominho em pó
Cúrcuma em pó
400gr de frango em pedaços – eu usei peito
1 cebola em pedaços médios
2 dentes de alho amassados
2 colheres (sopa) de mel
2 colheres de vinagre de vinho branco
1/2 colher (sopa) de cada uma das especiarias
Salsa picada
Sal
Pimenta
1 limão confit picado
Azeitonas verdes
4 cenouras pequenas – usei orgânicas que são bem pequenas
Modo de Preparo
Na panela coloque o azeite,  a cebola e o alho. Junte os pedaços de frango e deixe corar um uns minutos. Adicionar as especiarias, o mel, vinagre e uma xícara de água. Tampe a panela e deixe cozinhar por 30 min em fogo baixo, se for preciso adicione um pouco mais de água. Para finalizar junte as azeitonas e o limão confit, mexa bem e deixe por mais um minuto no fogo. Servir com couscous marroquino.





QUEIJO BRIE ASSADO COM TOMATES E ALHO




Isso não chega nem a ser uma receita de tão simples que é. Acho que o único complicador desse prato são esses tomatinhos em rama que são um pouco mais difícil de serem encontrados mas, mesmo assim, não pode dizer que isso faça da receita alguma coisa difícil, ate mesmo porque você pode substituir esses tomates em rama por tomatinhos cereja ou tomates italianos pequenos.

Ingredientes
1 pedaço de queijo brie de boa qualidade
1 rama grande de tomates – eu uso um que é do tamanho de uma bola de pingue pongue
1 cabeça de alho
Sal, azeite e pimenta do reino a gosto
Pegue um refratário e unte com azeite. Retire a embalagem do brie e coloque no refratário. Lave bem os tomates sem retira-los da rama. Seque e coloque-os ao lado do brie dentro do refratário. Pegue a cabeça de alho e retire a ponta dos dentes delicadamente e disponha no refratário. Regue os tomates e o alho com azeite. Tempere tudo com sal e pimenta do reino a gosto e leve ao forno a 200º.C até que os tomates fiquem cozidos. Sirva quente acompanhados de uma boa cesta de pães sortidos e uma taça de vinho 😊




quarta-feira, 28 de agosto de 2019

RAVIÓLI DE MAÇA COM FONDUTA DE QUEIJO





Essa receita é clássica e perfeita para aqueles que amam a combinação doce e salgado. Ravióli de frutas com molho de queijo são sempre uma opção certeira para qualquer almoço ou jantar, frutas que eu adoro no recheio e já dei receita aqui no blog, maça, damasco, pêssego, pera.

Ingredientes
Para duas pessoas (servindo 5 raviólis por pessoa)
Ingredientes
150 gr de farinha de trigo
2 ovos frescos
2 maças maduras
1 colher de sopa de mel
400 ml de creme de leite fresco
3 xícaras de queijo parmesão ralado de boa qualidade
1 xícara de vinho branco seco
½ cebola
2 colheres de sopa de manteiga
Noz moscada
Azeite
Sal a gosto
Pimenta do reino branca

Descasque as maças e passe por ralador de ralo grosso. Transfira para uma panela pequena e junte o mel. Leve ao fogo baixo mexendo bem até secar o liquido da maça e ficar bem macia. Reserve e deixe esfriar. Para fazer a massa do ravióli. Em uma vasilha coloque a farinha e junte uma colher de sopa cheia de azeite. Junte os ovos e com as mãos misture bem até formar uma bola de massa. Se estiver muito seca junte uma colher de sopa de água até que esteja uniforme. Monte a maquina de fazer macarrão e passe a massa até obter laminas finas. Com o auxilio de um cortador redondo corte 30 discos de massa. Reserve. Sobre um disco coloque uma porção do creme de maça.  Molhe as bordas do disco de massa e disponha outro disco por cima. Pressione as bordas até que estejam fechadas. Repita essa operação até formar os 10 raviólis. Reserve. Faça o molho. Aqueça o vinho em fogo baixo com a cebola inteira, sem casca. Deixe ferver ate reduzir a metade. Junte o creme de leite em fogo baixo até quase ferver. Junte os queijos e abaixe bem o fogo. Mexa até que os queijos derretam por inteiro. Tempere com a pimenta branca moída na hora e noz moscada. Retire o pedaço de cebola, desligue o fogo e misture a manteiga gelada. Reserve. Aqueça uma panela grande com água e sal e quando estiver fervendo junte os raviólis. Deixe cozinhar por 4 minutos e escorra. Junte os raviólis a fonduta de queijo e sirva com queijo parmesão ralado.





KAFTA COM FONDUTA DE QUEIJO





Ingredientes
Para duas pessoas
400gr de carne moída de boa qualidade (com pouca gordura)
1 colher de chá de cominho
1 colher de chá de coentro
1 colher de chá de páprica
1 maço de salsinha
1 maço de coentro fresco
1 cebola média
1 limão siciliano
Manteiga
2 colheres de sopa de azeite
Sal
1 ½  xícara de queijo parmesão ralado
200 ml de creme de leite fresco
1 xícara de vinho branco
½ cebola
1 xícara de caldo de legumes ou frango


Comece fazendo o molho de queijo. Em uma panela coloque o caldo, o vinho e a cebola e deixe ferver  em fogo médio até evaporar o vinho pela metade. Retire a cebola da panela  e junte o queijo parmesão e o creme de leite. Mexa bem até que o queijo esteja derretido. Prove e acerte o sal se for preciso. Reserve. Faça as kaftas. Em uma frigideira coloque os grãos de coentro e de cominho. Leve ao fogo até que comecem a soltar o aroma, cerca de 2 minutos. Retire da frigideira e leve ao pilão. Triture os grãos ate obter um pó. Junte a páprica e o sal e misture bem. Em uma vasilha coloque a carne moída, os temperos triturados, a cebola bem picadinha e misture bem. Pique a salsinha e o coentro. Junte 1 colher de sopa de salsinha e 1 colher de sopa de coentro na carne e misture novamente. Coloque raspas do limão siciliano e misture novamente. Pegue porções da carne temperada e molde as kaftas. Repita a operação ate terminar toda a carne. Deixe na geladeira por uns 10 minutos para firmarem. Esquente uma frigideira com manteiga e um fio de azeite e frite as kaftas. Sirva acompanhado do molho  de queijo.




CAMARÕES GRELHADOS COM PURÊ DE BATATA E GELEIA DE PIMENTA








Ingredientes
Para duas pessoas
400gr de camarões graúdos limpos
1 limão
2 dentes de alho
300gr de batata inglesa
100 ml de creme de leite fresco
1 xicara de geleia de pimenta (veja a receita aqui)
Sal e pimenta do reino a gosto


Em uma tigela coloque os camarões, o alho picado, o suco de ½ limão e 1 colher de sopa de azeite. Misture bem e deixe marinar por, pelo menos, 20 minutos. Enquanto isso faça o purê. Descasque as batatas e corte em pedaços médios. Leve ao fogo em uma panela com água e sal por 20 minutos ou ate que estejam macias. Escorra e coloque em um processador. Junte o creme de leite, pimenta do reino a gosto e processe ate obter um creme liso. Reserve. Aqueça uma frigideira com azeite e coloque os camarões, por porções, para fritar. Coloque de um lado primeiro e deixe por um minuto depois vire e deixe por mais um minuto – o camarão não deve fritar demais senão fica duro, preste atenção. Sirva com uma porção do purê e acompanhado da geleia de pimenta.




ROLINHOS DE SHIMEJI COM BACON





Ingredientes
1 prato de cogumelos shimeji
Tiras de bacon
Sal e pimenta do reino a gosto
Azeite


Limpe e parta os cogumelos shimeji em pequenos ramos. Pegue tiras do bacon e enrole os cogumelos prendendo o bacon com um palito. Repita a operação ate acabar todos os cogumelos. Aqueça uma frigideira anti aderente com azeite e coloque os rolinhos para fritar. Deixe dourar de todos os lados. Tempere com sal e pimenta do reino. Quando estiverem dourados sirva.





PASTEL DE NATA OU PASTEL DE BELEM





Quem não conhece esse doce super tradicional da pastelaria portuguesa ? e quem não ama esse doce?! Eu sou super suspeita para falar de qualquer doce português porque amo, amo de paixão todos esses doces que tem como base as gemas! Chamados de doces conventuais, provenientes dos conventos portugueses. O Pastel de natas não fica longe dessa lista. Aqui, para facilitar, eu uso massa folhada comprada pronta, da marca Arosa que eu super recomendo.

Ingredientes
1 pacote de massa folhada Arosa
7 gemas
500 ml de creme de leite fresco
200gr  de açúcar
1 fava de baunilha
20gr de farinha de trigo

Pré aqueça o forno a 220°C. Prepare o recheio primeiro para esfriar antes de colocar nas formas forradas com a massa. Numa panela pequena, coloque o creme de leite, mas reserve uma pequena quantidade.  Em outra vasilha, use o restinho do creme de leite para dissolver a farinha até que fique bem homogêneo sem nenhum caroço. Adicione a pasta formada com a farinha de trigo ao restante do creme de leite e leve ao fogo médio. Abra a fava de baunilha e retire as sementes juntando ao creme de leite. Adicione o açúcar e cozinhe misturando devagar com uma colher de pau ou espátula até que levante fervura. Deixe ferver no fogo baixo por 3 minutos misturando sem parar e retire do fogo. Transfira a mistura para uma vasilha e adicione as gemas devagar para evitar que se coagulem.  Passe a mistura por uma peneira para retirar possíveis pedaços de ovo ou farinha que não se dissolveram. Cubra com um plástico para evitar que se forme uma pele e reserve em um lugar arejado para esfriar. Prepare a massa na forma. Unte a  forminha. Abra a massa folhada e com o auxilio de um cortador, que seja de tamanho igual a circunferência de sua forminha, corte a massa. Pegue os círculos de massa e coloque nas forminhas. Pressione no fundo da forma, usando os polegares. É muito importante subir a massa até o topo para evitar que o líquido escorra e queime entre a forma e a massa. Coloque as formas numa assadeira rasa, deixando bastante espaço entre uma forma e outra. Despeje a mistura de creme de leite e ovos nas formas, sem encher muito para não transbordar.  Leve a assadeira ao forno. A massa folhada cozinha rápido e requer temperatura alta. Marque 10 minutos e faça a primeira rotação da forma para ter certeza que o cozimento será o mesmo tanto na frente do forno quando na parte de traseira do forno. No final desses 20 minutos, faça outra rotação. Os pasteis levam em torno de 25 a 26 minutos no total. Retire do forno e sirva.






TORCHIETTI AO LIMONE COM MOLHO DE LULAS







Essa massa eu comprei pronta, é italiana e já leva limão siciliano na confecção da massa então, na verdade, a maior receita aqui é o molho de lulas que pode ser usado com qualquer outro tipo de massa, não apenas com esse, e que fica uma delicia.

Ingredientes
1 pacote de massa Torchietti ao limone
Para o molho
400gr de lulas frescas limpas
2 cebolas grandes raladas
1 cálice pequeno de conhaque
2 dentes de alho
1 limão
1/2 xícara (de chá) de azeite,
3 xícaras de passata de tomate
2 colheres de sopa rasas de açúcar
Sal e pimenta do reino a gosto
1 colher de sopa de extrato de tomate
1 pimenta dedo de moça

Comece fazendo o molho. Limpar a lula, abrir e cortar em tiras, cortar também os tentáculos lavando tudo bem. Em uma panela dourar as cebolas e o alho no azeite. Juntar as  lulas e deixar fritar em fogo forte ate que estejam bem rosadas. Despejar o conhaque e flambar. Junte, em seguida, o extrato de tomate e a passata. Mexa bem e incorpore. Tempere com sal, o açúcar e pimenta do reino a gosto. Retire as sementes da pimenta dedo de moça e corte-a em cubos bem pequenos. Junte a pimenta dedo de moça ao molho. Reduza o fogo e deixe cozinhando por uns 40 min, se for preciso nesse tempo adicione um pouco de água.  Aqueça uma panela grande com água e sal e, quando estiver fervendo, coloque o torchietti para cozinhar no tempo que é indicado na embalagem. Escorra e sirva com o molho de lulas.





ARROZ DE PORCO





Um tempo atrás estive em um restaurante aqui no Rio de Janeiro e experimentei um arroz de porco que estava uma delicia! Foi baseado nesse prato que eu fiz essa receita e que ficou, na minha opinião, até melhor que a receita que eu experimentei no restaurante. Para a carne de porco eu usei costeletas que eu já tinha em casa porem você pode usar lombo, pernil ou qualquer outro pedaço de carne de porco que tenha em casa, só não pode linguiça. O ideal é usar um pedaço que não tenha muita gordura. A parte das flores de abacaxi eu usei a receita do site panelinha da Rita Lobo embora as minhas tenham queimado porque acabei esquecendo-as no forno mas como essa parte é a mais trabalhosa e demorada, você pode substituir por qualquer outra receita de abacaxi assado mas, se tiver tempo, eu recomendo fazer essa que é uma delicia e fica linda! Embora na minha foto não esteja tão bonita assim porque queimou.

Ingredientes
Serve até 3 pessoas
250 gr de carne de porco
1 cebola média
2 dentes de alho
1 xícara de arroz
1 xícara de passata de tomate
4 xícaras de caldo de carne caseiro
1 maço de couve fresca
1 abacaxi
Sal e pimenta do reino a gosto
1 pimenta dedo de moça
Azeite

Descasque o abacaxi e corte em fatias bem finas. Tente manter um padrão para que elas assem por igual.  Separe meio abacaxi.  Preaqueça o forno na temperatura mais baixa possível do seu forno. Seque bem as fatias de abacaxi e distribua em duas assadeiras grandes, uma ao lado da outra, sem sobrepor.  Leve ao forno para assar por cerca de 1 hora até que comecem a secar. Retire a assadeira do forno e com um garfo, vire as fatias. Volte ao forno e deixe assar por mais 40 minutos até ficarem douradas, secas, mas ainda maleáveis. Retire a assadeira do forno e encaixe as fatias ainda quentes dentro de forminhas de mini-muffin (ou empadinhas) para modelar. Atenção: tem que ser rápido, as fatias esfriam rapidamente e podem quebrar.
Desligue o forno e volte as forminhas com as flores ao forno desligado. Deixe secar até que estejam firmes, secas e no formato de flor. Desenforme e utilize. Enquanto esta fazendo o abacaxi, que demora, faça o porco. Em uma panela de pressão coloque a carne de porco, metade do caldo de carne e a passata. Tampe e leve ao fogo na pressão por mais 30 min depois que começar a apitar. Retire a pressão e abra a panela. Se tiver feito um pedaço de carne que tenha ossos então descarte-os, descarte qualquer pedaço de gordura que houver e desfie bem a carne – eu coloquei a minha na batedeira e bati rapidamente com o batedor de massa, ela ficou bem desfiada. Volte a carne desfiada para o molho da panela. Reserve. Aqueça uma panela com um fio de azeite e coloque a cebola picada para refogar. Quando estiver transparente junte o alho e deixe refogar por mais um minuto. Junte o arroz e mexa bem ate que todos os grãos estejam envoltos no azeite. Junte 1 ½ de caldo de carne e deixe cozinhar ate que todo o caldo tenha evaporado. O arroz ainda deve estar um pouco duro então, nesse momento, coloque o molho da carne que esta na panela de pressão e deixe cozinhar ate que o arroz esteja cozido. Nesse momento junte a carne desfiada e mais um pouco de molho – esse arroz é caldoso, ou seja, ele é bem molhado. Reserve. Lave bem a couve e corte em tiras bem fininhas. Tempere com sal e pimenta do reino. Coloque porções de arroz no prato, duas fatias de abacaxi e guarneça com a couve.




quarta-feira, 7 de agosto de 2019

GRISSINI





Essa receita eu peguei no meu grupo de pães de fermentação natural e é feita com a sobra/ descarte de levain, que sempre sobra, quando vamos refresca-lo semanalmente. Quem não gosta de biscoitinhos de Grissini?!! São perfeitos para um lanche, para um couvert ou entradinha de um almoço ou janta. Perfeitos para acompanhar pastinhas e mousses é o tipo de receita que você nunca vai ter sobrando em casa.

Ingredientes
200gr de levain (descarte)
2 colheres de azeite ou óleo
100gr de farinha de trigo
1 colher de sobremesa de sal

Em uma vasilha misture todos os ingredientes. Pegue porções e modele em tirinhas redondas, se quiser passe gema de ovo sobre os palitinhos de massa. Também pode polvilhar com ervas, queijo, pimenta ou qualquer outro ingredientes de sua preferencia. Transfira para um tabuleiro untado ou forrado com papel manteiga e asse a 200º.C  até dourar
Não é preciso deixar para descansar, mas se deixar descansar 30 minutos antes de assar fica mais levinho e mais “ gordinho”.




ESPAGUETE DE ABOBRINHA FRITO COM FONDUTA DE QUEIJO





Há um tempo atrás eu estava navegando pelo instagram e vi uma foto de um prato italiano que eram finas tiras de abobrinha frita servidos como acompanhamento de uma receita. De cara adorei a ideia e pensei em faze-la em quantidade maior para que fosse saboreada como um macarrão frito e um molho, e foi assim que surgiu essa receita. Super fácil, o maior trabalho é fritar a abobrinha mas vale demais a pena faze-la porque o sabor é maravilhoso.

Ingredientes
Para duas pessoas
2 abobrinhas maduras grandes
1 ½ xícara de farinha de trigo
Óleo para fritar
1 ½  xícara de queijo parmesão ralado
200 ml de creme de leite fresco
1 xícara de vinho branco
½ cebola
1 xícara de caldo de legumes ou frango

Comece fazendo a fonduta de queijo. Em uma panela coloque o caldo, o vinho e a cebola e deixe ferver  em fogo médio até evaporar o vinho pela metade. Retire a cebola da panela  e junte o queijo parmesão e o creme de leite. Mexa bem até que o queijo esteja derretido. Prove e acerte o sal se for preciso. Reserve. Faça a abobrinha. Lave bem as abobrinhas e com um cortador de legumes, eu uso esses da culinária japonesa, corte a abobrinha em tiras bem finas. Aqueça uma panela com o óleo. Passe as tiras de abobrinha pela farinha de trigo, retire o excesso de farinha e coloque na panela com o óleo para fritar. Transfira as abobrinhas para um papel toalha para escorrer o excesso de óleo e repita a operação até fritar todas as abobrinhas. Disponha uma porção de fonduta em um prato fundo e coloque uma porção de abobrinha frita por cima. Sirva quente.




sexta-feira, 26 de julho de 2019

COGUMELOS COM BACON E FONDUTA DE QUEIJO



Esses cogumelos podem servir como acompanhamento, prato principal ou para serem degustados com um bom pão italiano na forma de lanche ou brusquetas de entrada. Super versátil.


Ingredientes
200gr de cogumelos paris frescos
100gr de bacon
2 dentes de alho
1 xícara de queijo parmesão ralado
150 ml de creme de leite fresco
½ xícara de vinho branco
½ cebola
½ xícara de caldo de frango
1 galho de tomilho
Sal e pimenta do reino a gosto
2 colheres de sopa de manteiga
Azeite

Limpe os cogumelos e corte-os ao meio. Reserve. Retire a pele do bacon e corte em cubos pequenos em torno de 1 cm. Coloque os cubos de bacon em uma panela e leve ao fogo médio para que fiquem dourados e derretam parte da gordura. Adicione a manteiga e junte o alho picado e deixe refogar por um minuto. Junte o cogumelo e mexa bem, se for preciso coloque um pouco mais de manteiga. Tempere com sal, pimenta do reino a gosto e as folhas de tomilho. Mexa bem ate que todo o cogumelo esteja cozido. Desligue o fogo e reserve. Em outra panela coloque o vinho, o caldo e a cebola e deixe ferver  em fogo médio até evaporar o vinho pela metade. Retire o pedaço da cebola e junte o queijo parmesão e o creme de leite. Mexa bem até que o queijo esteja derretido. Prove e acerte o sal se for preciso. Para finalizar junte os cogumelos e o bacon a mistura de creme de leite, deixe esquentar e sirva.